GERAR realiza curso aos Bombeiros de Bom Jardim da Serra

Bom Jardim da Serra.

Aconteceu nos dias, 12, 13 e 14 de abril, em Bom Jardim da Serra, o curso de Resgate Tecnico com Cordas, ministrado por integrantes do GERAR aos bombeiros daquela cidade.

O curso capacitou os bombeiros a atuarem nos resgates que envolvem trabalhos com cordas e sistemas de vantagens mecânicas nos acidentes da região, que é bastante comum envolverem vítimas que caíram em locais íngremes e de difícil acesso.

A capacitação, que teve o montante de 30 horas, capacitou ao todo dez integrantes dos bombeiros, que ao fim do curso obtiveram conhecimentos necessários para realizarem esses salvamentos com segurança e rapidez.

As despesas do curso foram bancadas pela prefeitura de Bom Jardim da Serra sendo que os integrantes do GERAR ficarão alocados no quartel dos bombeiros de Bom Jardim da Serra. Ao todo, quatro integrantes do GERAR deslocaram para realização do curso.

TREINAMENTO DE RESGATE EM DESLIZAMENTOS

O É domingo, CAVOK, 37ºC, e o GERAR está em pleno treinamento. Assim foi o dia para os integrantes do grupo que estão em constante busca pela capacitação para atuações nas mais diversas situações que um desastre pode apresentar. 

Toda a situação foi simulada, mas tratada com a mesma seriedade que o fato exige, deixando todos os participantes sentindo toda a pressão, responsabilidade e motivação que a situação exige. 

Treinamentos dessa espécie devem, e são, constantes em grupos como o GERAR, pois buscamos sempre estarmos preparados para qualquer situação, em qualquer momento, em que elas ocorrerem. 

GERAR participa de tarde interativa na ARWEG

Através de um convite da diretoria da ARWEG, o GERAR participou de um evento organizado para a diversão da criançada dos colaboradores. O evento conto, ainda, com a participação do clube de canoagem KENTUCK, que em conjunto com o GERAR, promoveram uma tarde de conhecimento e aventura para as crianças. 

Tivemos a oportunidade de interagir com cerca de 70 crianças, que puderam praticar exercícios de localização, tratamento e transporte de vítimas em ambientes hostis, manipulando equipamentos reais utilizados em resgates pelo GVBS GERAR. 

A equipe relatou que foi muito proveitoso esse momento com a criançada e que se surpreenderam com o interesse demonstrado por todas, sendo que ações como está podem despertar o interesse em cada um de um dia exercer essa nobre atividade voluntária de ajuda humanitária podendo, futuramente, auxiliar o GERAR a manter sua história de atendimento a comunidade de forma totalmente gratuita, exercendo o máximo de altruísmo que o ser humano possa ter, comentou o líder do grupo do evento, Sr. Marciano Pereira. 

Assim, o GERAR agradece o convite e a oportunidade dessa interação e tarde de aprendizado, aprendizado este especialmente para os integrantes do GERAR. 

 

GERAR realiza o primeiro treinamento oficial do ano

Ocorreu no último sábado, 26 de janeiro de 2019, o primeiro treinamento oficial do GERAR em 2019. Logo após uma breve reunião com os integrantes, o coordenador operacional, Paulo de Almeida, também instrutor de resgate em meios aquáticos, acompanhou os integrantes até a sede do 14°BPMSC, onde fora realizado a parte teórica do treinamento, relembrado técnicas de salvamento, orientações aos participantes, bem como todo o conteúdo necessário para que o treinamento fosse realizado da melhor forma possível e, principalmente, em segurança.

Em seguida as equipes deslocaram-se para o local onde ocorreria o treinamento prático, aplicando os conhecimento já adquiridos ao longo da formação de resgatista e demais treinamentos. “O treinamento foi muito proveitoso, sendo que o grupo está bem alinhado para o emprego em situações reais”, comentou o instrutor Paulo.

Treinamentos como este são importantes para que o integrante relembre das técnicas e experiências vivenciadas em resgates reais, para aprimoramento destas e, até mesmo, possa testar seus limites para que em situações reais tudo seja feito com total prudência e segurança.

 

GERAR presta apoio à Defesa Civil de Jaraguá do Sul

Após uma sexta feita (30 de novembro) de muita chuva e com inúmeros pontos de alagamentos e Jaraguá do Sul, as 11 horas de sábado (01 de dezembro) GVBS GERAR foi acionado para apoio a Defesa Civil, para rompimento da estrutura que colapsou e vindo a obstruir um ribeirão no bairro Czerniewicz.

Participaram deste apoio 6 resgatistas do GVBS GERAR, sendo 5 (cinco) alunos que estão em fase final no curso de formação e 1 (um) operacional e acompanhou e auxiliou o trabalho em campo e ainda contamos com auxílio de 1 (um) operacional da SAMAE, foram 4 horas de atividades até a conclusão de toda limpeza do ribeirão.

Também vale salientar que o auxílio da comunidade foi fundamental para conclusão do trabalho.

Confira a matéria no site da prefeitura clicando aqui.

 

GERAR participa de simulado em alusão a tragédia acontecida em 2008

Aconteceu no último dia 21 de novembro o simulado organizado pela Defesa Civil que lembrou o acontecido em Jaraguá do Sul e região em novembro de 2008, quando uma das maiores tragédias de origem natural assustou a toda população.

Para que as equipes de emergências estejam sempre o mais preparadas possível, houve essa simulação que refletiu o ocorrido naquele ano para que as agências que atuam nesse tipo de situação pudessem testar e aprimorar suas técnicas bem como seus limites para operações reais. Este exercício contou com a participação de vários órgãos do município e do estado, onde um dos objetivos era promover a contínua integração entre todos, cada um dentro do seu papel, complementando o serviço um do outro para que a população esteja melhor assistida possível em situações como esta.

A equipe do GERAR iniciou a mobilização ainda na noite anterior, quando os integrantes que estariam disponíveis para atuar no dia seguinte, foram acionados e marcado o horário de encontro na sede para preparação dos equipamentos necessários. Especificamente, o GERAR atuou no BREC simulado onde encontravam-se cerca de 20 vítimas soterradas e embaixo de escombros, o que requeria muita perícia dos operadores para que não houvesse danos maiores às vítimas do que as já sofridas com o próprio colapso das estruturas e do terreno. No entanto, o maior desafio foi vencer a sí próprio, numa luta constante entre necessidade x resistência, pois esta é uma operação que requer muito esforço físico e delicadeza dos envolvidos, no menor tempo possível, já que nos primeiro minutos após o acontecido as chances de encontrar pessoas ainda com vida são maiores.

Felizmente a situação era apenas simulada, no entanto as equipes trabalhavam com a mesma seriedade imposta em uma condição real.

O coordenados da equipe do GERAR na operação, salientou a importância deste tipo de exercício, na qual integra as diversas agências de resposta, bem como esse entrosamento gera confiança entre as equipes para o momento em que o desastre acontece, melhorando significativamente a qualidade do atendimento à população afetada.